O Tricolor entrou desfalcado em São Januário para enfrentar o Vasco da Gama, sem diversos titulares e com Rômulo ao lado de Michel entre os 11 iniciais. Com a opção de Renato Portaluppi o time gremista teve dificuldades no início da partida e sofreu o primeiro gol logo aos 8 minutos. O colombiano Guarín cobrou falta por baixo da barreira e o goleiro Paulo Victor demorou a ir na bola e espalmou para dentro da própria meta. A primeira oportunidade gremista foi aos 17 minutos, Bruno Cortez cruzou e Thaciano pegou mal na bola, no rebote Everton finalizou pela linha de fundo. Com dificuldade na criação Renato Portaluppi fez a primeira alteração aos 30 minutos, Michel saiu para a entrada de Pepê e a substituição deu resultado. Aos 33 o camisa 25 recebeu a bola de frente para o gol e finalizou no canto esquerdo deixando tudo igual no Rio de Janeiro. Renato teve que mexer mais uma vez ainda antes do intervalo, após tentar arrancada Thaciano sentiu uma fisgada na coxa e foi substituído por Darlan.


No 2º tempo quem fez o gol logo no inicio foi o Tricolor, logo aos 8 minutos. Richard perdeu a bola na defesa e Everton avançou no campo de ataque, se livrou da marcação e finalizou firme para virar o jogo. O Grêmio chegou ao terceiro gol aos 23 minutos, após cobrança de escanteio Leandro Castán acertou Luciano na área, pênalti. O próprio Luciano foi para cobrança e fez seu segundo gol com a camisa gremista. Após o gol mais uma alteração no Tricolor, Rodrigues entrou na lateral-direita na vaga de Léo Moura para poupar o camisa 2. O Vasco ainda acertou uma bola no travessão com Bruno César mas a vitória ficou mesmo com os gaúchos.


O resultado somado com a derrota do Corinthians deixou o Grêmio na 5ª posição com 47 pontos. Agora o clube respira GreNal, no domingo (03) recebe o seu maior rival na Arena às 18h.


Juliano Piasentin


Foto: Divulgação/ Grêmio FBPA

Deixe seu Comentário